Dias nublados

Moro em um país tropical. Moro numa cidade fumegante: Jequié! Não sei viver no frio ou em dias escuros, o meu negócio é cor e luz, sempre! E quando falo que não sei, quero dizer que não consigo, que não me sinto tão feliz como nos dias coloridos e que simplesmente morreria de tédio se morasse em lugares frios e sombrios como vejo em alguns filmes. Eu fico diante da TV me perguntando como aquelas pessoas sobrevivem em lugares tão cinzentos.

Sou feliz porque o inverno aqui é bem rápido, quase inexistente e os dias bem coloridos. Há quem tome antipatia de mim depois de ler esse texto, simplesmente por viverem reclamando do calor daqui. Mas o que me atrai, não é o calor que, algumas vezes, chega a ser insuportável, eu admito, mas sim as cores e a luz. Adoro quando o sol me acorda pela manhã! Adoro o ar livre e por isso, a preguiça de sair nos dias frios e nublados me faz sentir como se perdesse o melhor da vida.

Tá, é certo que os dias frios também têm suas vantagens: é bom pra ler, assistir TV e namorar. Mas esses momentos são mais preciosos pra quem está sem tempo, vive sonhando em chegar em casa pra se jogar em meio às cobertas enquanto assiste um bom filme. Não é o meu caso. Ultimamente, meu tempo tem sobrado bastante e só o que desejo é sair de casa. Portanto, dias frios não são os meus preferidos… ao menos por enquanto.

Bom, tá feito o protesto! E Primavera, vê se não demora tá? Eu tô mooorrendo de saudade!

😉