Morar junto…


Às vezes fico pensando se vou conseguir morar junto depois que casar. Sonho com um dia poder compartilhar muitos cafés da manhã, as compras de supermercado e as noites frias, mas como vão ficar os meus dias de tpm? Há dias que acordo irreconhecível por mim mesma: me sinto enorme, inchada, com rosto de lua! Nenhuma roupa me serve, nenhum entretenimento me basta e tenho vontade de me esconder do mundo. Acho que isso dura mais ou menos uns três dias e em cinco anos eu cosegui disfarçá-los muito bem! Mas como vou fazer vivendo com ele sob o mesmo teto?! Pensei em construir uma fortaleza subterrânea com uma porta secreta atrás do guarda-roupa ou algo do tipo, o que acham?
Só sei, que preciso dar um jeito. Não posso abandonar os meus momentos de pijama e cabelo bagunçado. É tão bom estar em casa de folga sem me preocupar com o que os outros vão achar de mim… Andar de meias e havainas pela casa. A intimidade ao mesmo tempo que me atrai, me assusta… 
Talvez, fosse melhor casarmos e vivermos em casas diferentes, como os casais modernos que a minha mãe não entende. Mas, de repente, eu penso que ele também pode ter manias estranhas e bizarras que não sejam nem um pouco sexys e isso me consola! Bom, talvez possamos fazer duas fortalezas, dois cômodos particulares… ou talvez, compartilhemos nossas manias e elas deixem de ser bizarras.

Anúncios

2 Comentários on “Morar junto…”

  1. Carla Magalhães disse:

    Adorei a ideia das fortalezas!!! Mas as vezes a intimidade traz justamente a vantagem de nos deixar ser do jeito que somos, sem maiores consequências. E avisa a Rodrigo que a TPM invariavelmente vai ter que ir junto no pacote!
    Beijão!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s