Pessoas Especiais…

 

    Nada há na vida que seja tão fascinante quanto às pessoas que encontramos no decorrer de nossa caminhada. Às vezes longo, às vezes curto, o nosso caminho se desvenda cheio de surpresas, obstáculos e paisagens diversas que nos deixam atônitos, enlouquecidos e admirados! Em meio a tantos cenários, elas aparecem como cartas de um baralho que desconhecemos e nos deixam extasiados diante de sua atuação. Surgem por entre os arbustos, pelas costas tocam-nos de leve nos ombros. Às vezes, vêm ao nosso encontro, sorrindo como se nos conhecessem e assim, logo ganham nossa confiança. Talvez, mais tarde descubramos que junto àquele sorriso traziam escondido consigo, alguns interesses que nos causariam muitas lágrimas. Por outro lado, existem aquelas do sorriso genuíno, que não se desfaz nem mesmo em meio às tempestades. Algumas encontramos no chão, caídas e com ferimentos expostos, e então, temos diante de nós a escolha entre dar a mão, pisar a vítima ou simplesmente passar para o outro lado.
    Há ainda, aquelas que com muita cordialidade, preferem ser previsíveis e nos enviam uma carta, um sinal, e quando chegam já estamos esperando-as. Qualquer que seja a forma como aparecem, o certo é que essas pessoas nos modificam, nos constroem e motivam a nossa jornada. Se incomodam ou atrapalham, somam ou diminuem não importa, pois são peças fundamentais na escrita de nossa história. O que seria de você, por exemplo, se não existissem o papai, a mamãe, a irmã caçula que não larga do seu pé, ou o irmão mais velho ciumento que também não larga do seu pé? Como seria o mundo sem aquela professora chata que te ensina a história da humanidade, aquele cara por quem você suspira diante do espelho ou a garota que faz o seu coração sorrir? O que seria dos seus dias se não existisse aquele filho que te dá tanto trabalho, o marido que passa o dia inteiro diante da TV ou a esposa mais que preocupada sempre cheia de recomendações? E o moleque que entrega o jornal, o motorista mal-educado do ônibus, o chefe exigente e a secretaria lerda do seu dentista?
    De cores, perfumes e expressões diferentes, bigodes, saias, batinas e paletó, todas enfeitam o nosso dia como pedras preciosas que nos iluminam o caminho. Algumas nos mostram que a vida é bela e nos ensinam a cantar, outras não acham a vida tão bela, mas ainda assim nos ensinam a cantar. Há também aquelas que nos machucam e com isso nos mostram que devemos estar de olhos bem abertos. O mais interessante é que todas elas nos marcam, tiram e/ou recebem algo de nós. Às vezes, isso é notório, a perda nos causa dor e o presente, alegria tremenda, contudo, não há alguém que não deixe marcas, pois somos todos especiais em nossa individualidade e tempo. Ninguém jamais te tocará como aquele mendigo que, suplicantemente, te pediu uma moeda e ninguém olhará pra ele com a mesma maneira de sentir. Vale à pena, então, acordar com um coração mais amplo, dar bom dia ao guarda de trânsito e como numa oportunidade única, observar, curtir e admirar quem, talvez, você não tenha notado, mas que amanhã fará muita falta se não estiver lá. Vale a pena sim, viver essas pessoas especiais…

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s